Como tratar Rinites e Sinusites

18-05-2015
rinite-sinusite

É grande o número de pessoas que sofre diariamente com os incômodos sintomas da rinite ou sinusite, sem encontrar solução adequada para o problema que as aflige meses ou anos a fio. Os pacientes de rinite e sinusite podem, no entanto, encontrar esperança no tratamento à  base de medicamentos naturais bastante eficazes para o seu combate.

As doenças

A Rinite é um processo inflamatório da mucosa nasal, que pode ser alérgico ou produzido por vírus, fungos, bactérias  e devido à poluição atmosférica. Segundo sua  gravidade é classificada como aguda simples, hipertrófica, atrófica ou alérgica. A rinite alérgica é a manifestação mais comum, caracterizando-se por espirros, abundante secreção aquosa e tumefação da mucosa nasal, que pode ser acompanhada por coceira nos olhos e por lacrimejamento.

A Sinusite é a inflamação da mucosa dos seios da face, que são espaços existentes entres os ossos da face e que em geral se comunicam com a mucosa nasal através de pequenos canais. Pode ser aguda ou crônica, sendo  que na face aguda há dor, cefaleia, pontos dolorosos e fluxo nasal purulento geralmente unilateral. São diversas as causas desse tipo de inflamação, sendo a sua maioria de difícil tratamento.

Paciente de rinite e sinusite devem evitar o consumo de laticínios, açúcar branco e alimentos industrializados, adotando hábitos alimentares mais naturais. As evidências  dos efeitos do leite e seus derivados sobre o organismo humano sensível e alérgico têm crescido nos últimos anos. O leite integral é um dos produtos mais mucogênicos e com capacidade para aumentar a secreção das mucosas. Deve ser evitado pois muitos organismos descarregam o excesso de compostos mucóides lácteos através de “emunctórios naturais”, ou seja, das áreas forradas por mucosas, contribuindo para o surgimento de bronquites, rinites, sinusites, corrimentos vaginais, eczemas, descamações, caspas e seborreias.

Produtos indicados:

Equinácea: Planta de muitas virtudes é considerada hoje um dos recursos mais eficazes para elevar a capacidade de defesa imunológica do organismo. Útil em todas as formas de infecção (bacteriana, viral ou por fungos), suas cápsulas combatem gripes, sinusites, faringites e alergias respiratórias.

Infludo: Contendo em sua fórmula Aconitum, Bryonia, Eucalyptus e Phosphorus, essa solução – produzida pelo laboratório Weleda – já vem sendo usada com segurança e eficácia há mais de 70 anos em vários países nos casos de infecção da vias aéreas superiores com produção de catarro, tosse e estados febris.

Oléo de alho: Além da ação antibacteriana e antiviral conferida pela alicina e garlicina, o alho é dotado de propriedades anti-inflamatórias, antitussígena, antisséptica, emoliente e antitérmica, que o recomendam não só no combate a gripe mais também no tratamento de todas as afecções respiratórias.

Ventilian: Esse fitofloral desenvolvido especialmente para o sistema respiratório, combina a energia de três essência florais (Guttagnello, Mirabilis e Eucalyptus) com as propriedades de várias  plantas medicinais. Graças à ação desses elementos, previne tosses, afecções catarrais, dificuldades de expectoração, asma e bronquite. Ajuda também na desintoxicação pulmonar, na expectoração, no descongestionamento   e na  tonificação do aparelho respiratório.

Pnemonex: Composto com mel, própolis e bromelina – substancia extraída do caule do abacaxi, esse medicamento é indicado no tratamento de gripes resfriados, bronquites e como auxiliar no tratamento de pneumonias e enfisema. Sua eficácia é decorrente da soma da ação das virtudes medicinais do mel, da atividade antibiótica e imunoestimulante da própolis e das propriedades da bromelina, que além de anti-inflamatória, tem efeito analgésico e expectorante.

Acerola com Rosa silvestre: Elaborado com puríssima vitamina C de fontes naturais como a amora silvestre, acerola e bioflavonóides cítricos, esse produto repõe a vitamina de modo lento e continuo aumentando a defesa imunológica do organismo. Por exercer grande ação antioxidante (combate os radicais livres) contribui para a absorção adequada de ferro, além de reduzir a incidência de doenças produzidas por vírus e crises alérgicas, como rinites e sinusites.

Aos primeiros sintomas há pelo menos sete bons fitoterápicos que você pode usar para impedir que esses sintomas se transformem em situações mais graves.