Dia Mundial da Voz

10-04-2015
dia-mundial-da-voz

O dia mundial da voz é comemorado em 16 de abril desde o ano de 2003. Esta data vem para refletirmos sobre a importância da nossa voz e os cuidados que podemos ter para preservá-la. A voz humana consiste no som produzido pelo ser humano usando suas cordas vocais para falar, cantar, gargalhar, chorar, gritar, etc. De modo geral, o mecanismo para gerar a voz humana pode ser subdividido em três partes: os pulmões, as pregas vocais dentro da laringe e os articuladores – lábios, língua, dentes, palato duro, véu palatar e mandíbula.

A voz é produzida quando o ar respiratório (vindo dos pulmões) passa pelas pregas vocais, e por nosso comando neural, por meio de ajustes musculares, faz pressões de diferentes graus na região abaixo das pregas vocais, fazendo-as vibrarem. Esse mecanismo se assemelha ao balão, quando o esvaziamos apertando sua ‘’ boca’’, provocando um ruído agudo, fruto da vibração da borracha. O ar expiratório, que fez as pregas vocais vibrarem, vai sendo modificado e os sons vão sendo articulados (vogais e consoantes). Depois, emitidos pela boca, criam a onda sonora que vai atingir a cóclea do ouvinte. Então a voz é ouvida.

A voz é uma característica humana intimamente relacionada com a necessidade do homem de se agrupar e se comunicar. Ela é produto da sua evolução, um trabalho do conjunto do sistema nervoso, respiratório e digestivo, e de músculos, ligamentos e ossos, atuando harmoniosamente para que possa obter uma emissão eficiente.

Nossa voz diz muito a nosso respeito e pode revelar nosso estado emocional (raiva, tristeza, alegria, euforia, calma, dor etc.). A voz é tão individual quanto a impressão digital e tão preciosa que pode revelar nossa identidade, sexo, idade, estado de saúde e até traços de nossa personalidade. Ela é nosso principal meio de comunicação e por isso, cuidar da voz é fundamental!

Alguns sinais como: pigarro constante, rouquidão frequente, tosse frequente, dificuldade para engolir, alterações no timbre da voz, dentre outros, podem ser indicativo de alguma doença vocal e é necessário dar importância a esses sintomas, procurando ajuda médica (otorrinolaringologista) para uma avaliação e diagnóstico. Alguns cuidados como: beber bastante água, praticar atividade física, não gritar em excesso, não fumar nem abusar de bebidas alcóolicas e gasosas, ter uma alimentação equilibrada, manter uma boa postura corporal, não se expor por muito tempo em ambiente com ar condicionado e/ou poluídos, dormir bem e evitar o stress são algumas dicas valiosas para preservar a voz.

À emissão de uma voz saudável damos o nome de eufonia. A voz doente, ou seja, com uma ou mais de suas características alterada, damos o nome de disfonia que pode ser orgânica, funcional ou mista (orgânica- funcional). Ela não é uma doença, mas o sintoma, uma manifestação de um mau funcionamento de um dos sistemas ou estruturas que atuam na produção da voz. A disfonia pode ser tratada. O profissional habilitado é responsável pela intervenção das disfonias é o fonoaudiólogo, e geralmente este profissional trabalha em conjunto (no caso da voz) com o otorrinolaringologista ou laringologista. Pode, ainda, trabalhar com o professor de canto. A voz sofre muita influência de hormônios e de nossas emoções. É comum ouvir pessoas que estão muito tristes ou nervosas, roucas. A rouquidão é um tipo de disfonia.

A afasia é um distúrbio de linguagem decorrente de lesões cerebrais em que são afetadas áreas responsáveis pela produção verbal e/ou da compreensão do que está sendo dito. Estas alterações de linguagem geralmente surgem como dificuldade em nomear objetos e pessoas, dificuldade de emitir palavras e frases, substituições de uma palavra por outra, entre outros achados.

Em Itatiba, o DIA MUNDIAL da VOZ será celebrado pela primeira vez!

Acontecerá no dia 17 de abril de 2015, às 19:30h com apresentação do Coral Terapêutico da Santa Casa de Misericórdia de Itatiba, formado por pacientes de diferentes patologias, seus familiares e cuidadores, e também com a peça teatral “Linhas Cruzadas” do grupo Ser em Cena, de São Paulo, composto por pacientes afásicos. Neste evento, teremos a oportunidade de assistir a um espetáculo e verdadeiro show de superação e força de vontade, provando que não há limites quando se quer fazer arte utilizando a voz como instrumento.

Saiba mais informando-se na Santa Casa pelo telefone : (11) 4894.8899