Um Verão a todo vapor…

27-01-2014

Tem gente que se empolga com o verão e acaba se esquecendo de cuidar do corpo. E como beleza é fundamental como dizia o poeta, não custa nada seguir algumas dicas para os cabelos, corpo e pele para estar na estação de sol e, sair  dela, com tudo em cima. E os cuidados já podem começar com …

Perfume: Não se esqueça de retirá-lo antes de se expor ao sol, pois certos perfumes cítricos podem manchar a pele no local onde foi aplicado.

Cabelos: É nesta época do ano que seu cabelo necessita de maiores cuidados. Para protegê-los do sol, mar e piscinas, use xampú de jaborandi e arnica que ativa a circulação sanguínea do couro cabeludo, deixando seus cabelos mais fortes e saudáveis. Para cabelos quebradiços  germe de trigo e queratina que restaura e equilibra as cargas eletrostáticas dos fios e para cabelos claros camomila, indicada também para cabelos crespos, dando aos fios um reflexo dourado.

Maquiagem: Procure aquela que possui na sua formulação protetor solar e carga reduzida de pigmentação, inclusive para o batom, e nunca se esqueça de usar um batom ou protetor labial antes de sair de casa.

Bronzeamento: Alguns produtos oferecem além de proteção, um bronzeado seguro e prolongado pois sãos elaborados com urucum, cenoura entre outros compostos.

CUIDADOS ESPECIAIS…

  • Mesmo usando filtros solares deve se evitar o horário de sol entre 10 e 16 horas, quando há mais raios UVB  e podem ocorrer queimaduras solares.
  • O uso de filtros solares deve ser feito com atenção.
  • O seu uso evita o aparecimento de queimaduras e de certa forma retardam o foto-envelhecimento e o aparecimento de rugas.
  • Aplique o produto corretamente e generosamente sobre a pele pelo menos 30 minutos antes da exposição ao sol. Não esqueça que a espessura do filme aplicado sobre a pele é decisiva para a obtenção de níveis adequados de proteção.
  • Os protetores devem ser reaplicados toda vez que sairmos da água ou de 3-3 horas.
  • Não esqueça que a reaplicação de um produto não protege a pele além do tempo limite calculado através do valor de FPS.
  • Lembre-se de utilizar os fotoprotetores mesmo em dias nublados. Os raios solares podem atravessar as nuvens e causar danos à pele.
  • Os fotoprotetores são preparações destinadas a uso externo. Evite contato com os olhos. Se isso ocorrer, enxágue com bastante água.
  • Caso você observe alguma reação anormal após a aplicação de um fotoprotetor, suspenda seu uso. Você pode ser sensível a um dos componentes da preparação. Caso a reação persista, persista, procure orientação médica .
  • Não use fotoprotetores em crianças com menos de seis meses de idade, exceto sob orientação médica. Não existe dose recomendada para esta faixa etária e acima dessa idade as crianças devem sempre usar proteção máxima e respeitar os horários mais saudáveis do sol, a proteção nos primeiros 20 anos de vida é fundamental no que diz respeito aos efeitos deletérios do sol na pele no futuro.
  • Locais mais sensíveis como olhos, lábios, nariz, pálpebras e ombros devem ser mais protegidos com os filtros.
  • Chapéus, viseiras e óculos protegem apenas parcialmente. Ocorre a reflexão do sol pela areia e pela água. Se ocorrer queimadura solar, deve se suspender os banhos de sol e os produtos usados ao sol. Os cremes antiqueimaduras devem ser prescritos pelo médico. Alguns antibióticos (como tetraciclina) e hormônios presentes em pílulas anticoncepcionais são fotos – sensibilizantes, aumentando a pigmentação da pele e podendo causar manchas ou reações indesejáveis. É  preciso orientar-se com o médico para que ele indique o filtro solar mais adequado.
  • Após o sol a pele vai tornando se mais ressecada e espessa. Bons hidratantes ajudam a reverter este processo e ainda tornam o bronzeado mais duradouro. Outra dica importante é com relação aos banhos muito quentes com sabonete. A dupla resseca demasiadamente a pele. A água deve estar morna e o sabonete deve ser glicerinado e  passado somente nas axilas, genitais e nos pés. Ainda assim, deve- se usar um óleo no final do banho, antes da ultima enxaguada.
  • Beba muita água, sucos ou outros líquidos capazes de repor as perdas pelo suor
  • Não se exponha ao sol sem protetor solar
  • Controle o consumo de bebidas alcoólicas
  • Alimente-se regularmente, preferindo refeições leves, com muitas, verduras e legumes
  • Evite contato com água de enchente; não nade em rios e lagos, principalmente em épocas de chuva. Cuide da higiene e conservação dos alimentos, não deixe expostas sobras de alimento.
  • Limpe e mantenha completamente tampadas as caixa d’água residenciais. Mantenha jardins e quintais limpos e drenados, não deixe acumular águas em latas, vasos e plantas pneus e outros objetos, a dengue está de volta.
  • Sempre que tiver diarréia inicie a reposição de perdas de líquidos e sais pela administração de soro caseiro, preparando-o da seguinte maneira : uma colher (de café) de sal; uma colher (de sopa) de açúcar dissolvidos em um copo com água (200 ml). Evite refrigerantes ou líquidos com açúcar, porque pioram o quadro.
  • Se a diarréia piorar  e persistir por mais de um dia, principalmente em crianças procure atendimento médico.
  • Use sempre chinelos em praia, piscina e banheiros públicos, para evitar micoses seque bem os pés.